Ao Vivo Água Boa - MT (99,7 FM)

Laranjinha Programa: Recanto do Laranjinha
Locutor: Laranjinha

Ouça Agora!

(66) 99652-7007

Ao Vivo Querência - MT (97,9 FM)

Myke Alexandre Programa: Canto da Terra
Locutor: Myke Alexandre

Ouça Agora!

(66) 98438-0051

Caminhoneiros encerram manifestação na 242 e doam alimentos a entidade

QUERÊNCIA – No início da tarde desta sexta-feira (10), fomos informados pelos manifestantes, que o ato de manifesto foi encerrado na BR-242.

Após a desobstrução da BR-158 em Água Boa e Confresa, os caminhoneiros decidiram de forma pacífica, encerrar o manifesto e liberar a BR-242 em Querência.

Todo o alimento doado a classe, foi revertida e doada a entidade Creche Ovelinhas de Jesus. A vereadora Beatriz Steffens, apoiadora da classe, levou os alimentos a entidade juntamente com dos integrantes do movimento.

Portanto, o trânsito na BR-242 está normalizado.




========================


QUERÊNCIA – Na manhã desta sexta-feira (10), um grupo de caminhoneiros que queriam adentrar na cidade resolveram bloquear totalmente a BR-242.

De acordo com eles, ao tentarem passar pelo bloqueio em frente ao Parque de Exposição, foram impedidos de prosseguir pelos manifestantes.

No intuito de chamar a atenção das autoridades, os mesmos resolveram colocar um rodotrem atravessado na pista impedindo a passagem de todos os veículos.

Os caminhoneiros relatam que já faz 04 dias que estão parados devido a manifestação e que não queriam participar do ato e pretendem ir embora.

No momento em que entrevistávamos um motorista, a viatura da Polícia Militar chegou ao local para liberar a pista. Em seguida, a guarnição foi até os manifestantes e dialogaram sobre a permissão da passagem de veículos.

A força da segurança pública local aguarda uma liminar para decidir se irá dispersar todas as manifestações que impedem passagem de veículos (leves e pesados) ou não.

Após a intervenção da PM, o transito para veículos leves foi liberado, porém neste momento, os caminhoneiros voltaram a bloquear toda a pista, impedindo a passagem de todos os veículos. 
Veja entrevista no vídeo acima.


=====================

QUERÊNCIA – E segue durante esta quinta-feira (09), a manifestação dos caminhoneiros pela BR-242 em Querência.

Iniciado a concentração na terça-feira (07) e o bloqueio na manhã de ontem (08), os trabalhadores realizaram o bloqueio em dois pontos específicos da rodovia; em frente a empresa Luft Transportes (bloqueando uma estrada vicinal que da acesso a armazéns) e em frente ao Parque de Exposições (ponto de apoio dos manifestantes).

Acampados nos locais, foram colocados tendas, pneus e sinalização de trânsito. Alguns participantes agradeceram a ajuda e o apoio de produtores rurais, comerciantes e moradores em geral.

No fim da tarde desta quarta-feira (08), fomos ao local para constatar a quantidade de veículos parados no bloqueio (veja nas fotos).

Pelo Brasil, alguns manifestantes foram dispersados e tiveram a concentração encerrada em algumas rodovias federais.

Ainda nesta quarta-feira (08), o presidente Jair Bolsonaro gravou um audio pedindo a pausa no manifesto e relatou os prejuízos no abastecimento do comércio e na economia caso os bloqueios prossigam.

“Fala para os caminhoneiros aí, que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham nossa economia, provoca o desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo em especial os mais pobres. Então da um toque nos caras aí se for possível, para liberar, para nós seguir a normalidade.”

Logo mais tarde após a circulação do áudio, o ministro da infraestrutura Tarcísio Gomes, reforçou o pedido do presidente;

“Nós já temos hoje um efeito no preço dos produtos em função da pandemia e a inflação hoje tem uma componente internacional. E uma paralização vai trazer desabastecimento, vai acabar impactando os mais pobres, os mais vulneráveis e prejudicando a população.

A gente sabe que há uma preocupação de todos com a melhoria da situação do país, uma preocupação de todos com a resolução de problemas graves, mas a gente não pode tentar resolver um problema, criando outro.”

Após a divulgação das falas, fomos até os manifestantes e fomos informados que o respectivo áudio do presidente poderia ser de 2018 e que bloqueio permanecerá até próxima ordem.


===================

QUERÊNCIA – Na manhã desta quarta-feira (08), manifestantes confirmaram um bloqueio e paralisação da classe do transporte.

De acordo com eles, é proibida a entrada e saída de caminhões para descarregar e carregar cargas.

Até ontem (07), a informação era de que caminhões poderiam entrar na cidade para descarregar, porém não seria permitida a saída. Mas a decisão foi alterada depois de relatos que caminhoneiros entravam na cidade, carregaram e saíam por estradas vicinais, como por exemplo, a estrada de chão que liga Querência a Canarana.

Foi montado um ponto de apoio com tenda na BR-242 em frente ao Parque de Exposição com bloqueio alguns metros antes, em frente à empresa Luft Transportes. Segundo manifestantes, serão criados mais bloqueios nas estradas vicinais.

De acordo com os manifestantes, é permitida a entrada e saída de veículos leves. O bloqueio vale somente para veículos pesados.


=======================

QUERÊNCIA – Diante das manifestações iniciadas em várias cidades do Brasil no último dia 07 de setembro, a classe dos caminhoneiros se concentrou em frente ao parque de exposições de Querência na manhã de ontem (07).

Segundo informou o grupo a nossa reportagem, os trabalhadores aguardam uma ordem do sindicato dos caminhoneiros para decidirem se irão bloquear as entradas das cidades e paralisar o transporte ou não.

Já nesta manhã de quarta-feira (08), fomos informados que assim como já foi feito em Confresa e outras cidades próximas, a qualquer momento o grupo irá paralisar o transporte em Querência e assim bloquear a saída de caminhões do município.

Segundo eles, será permitido a entrada para descarregamento, porém a saída não será permitida. Para veículos leves, o tráfego seguirá de forma normal.

Ainda sem data para encerramento, a classe salienta que o manifesto é pró Bolsonaro e que pretende assim conseguir a liberdade que o presidente ressaltou nos discursos de 07 de setembro envolvendo o STF – Superior Tribunal Federal.

Veja mais notícias: