Ao Vivo Água Boa - MT (99,7 FM)

Interativa Playlist Programa: Interativa Playlist
Locutor: Interativa Playlist

Ouça Agora!

(66) 99652-7007

Ao Vivo Querência - MT (97,9 FM)

- Programa: Interativa Playlist
Locutor: -

Ouça Agora!

(66) 98438-0051

Pai e filho condenados por morte de Miguel dos Santos em 2.019

Atualizada dia 08 out 2021

 

ÁGUA BOA – Os dois réus Carlos Barboza e seu filho Vanderson Silva Barboza foram condenados pelo júri popular de ontem (07/10), pelo crime de homicídio triplamente qualificado contra Miguel dos Santos.

Os fatos ocorreram na noite de 26 de dezembro de 2.0-19 no bairro Guarujá. Eles acabaram confessando o crime e justificando suas atitudes, o que lhes rendeu uma pena mais branda, segundo a legislação.

As qualificadoras de crime por motivo fútil, por meio cruel e que dificultou a defesa da vítima foram acatadas pelo conselho de sentença. Carlos já tinha condenação anterior por estupro de vulnerável.

Ele foi condenado a cumprir 17 anos e 4 meses de prisão, podendo progredir de regime quando completar 3/5 da pena. Segundo o promotor de justiça, Dr. Luis Alexandre Lentisco, Carlos poderá deixar o presídio provavelmente antes de 2.030.

Já seu filho Vanderson que é réu primário, foi condenado a 15 anos de prisão, podendo progredir de regime quando completar 2/5 da pena. Isto é, provavelmente em 2.026 ele estará na rua.

A defesa dos réus foi do Defensor Público Dr. Thiago Alexandre de Amaral e Silva. A presidência foi do juiz Dr. Jean Louis Maia Dias.

Se o Supremo Tribunal Federal não julgasse inconstitucional o crime hediondo, os réus teriam que cumprir toda a pena em regime fechado.

 

===========================

Atualizada dia 22 setembro 2021

 

ÁGUA BOA – Júri popular será realizado hoje, 7 de outubro no plenário do Fórum local.

Sentarão no banco dos réus Carlos Barboza e seu filho, Vanderson Silva Barboza.

Ambos são acusados da prática de homicídio triplamente qualificado, por motivo fútil, por meio cruel e que dificultou a defesa de Miguel dos Santos.

Consta nos autos que houve discussão entre Carlos e Miguel em um bar no bairro Guarujá.

Carlos foi para casa e retornou na companhia de dois filhos, um deles menor de idade.

Eles teriam agredido Miguel com golpes de facão e pedaços de pau. O crime ocorreu na noite de 26 de dezembro de 2.019 no bairro Guarujá.

Miguel ainda foi socorrido e conduzido ao Hospital Regional Paulo Alemão, onde faleceu na madrugada seguinte.

Atuará na acusação dos réus, o promotor Dr. Luis Alexandre Lentisco. A defesa será da Defensoria Pública.

Na presidência do júri, atuará o Dr. Jean Louis Maia Dias.

Os trabalhos começarão às 8hs da manhã no plenário do Fórum local. Haverá acesso somente para 10 pessoas.

 

================================

 

CRIME BÁRBARO – Homem é morto a golpes de facão e pedaços de madeira em Água Boa - Postada dia 27 Dezembro 2019

Foto: Polícia CivilÁGUA BOA – Um homem de 53 anos morreu após ser agredido à golpes de facão e pedaços de madeira na noite desta quinta-feira (26/12), no Bairro Guarujá Expansão, em Água Boa.

Os suspeitos de cometer o crime são três homens da mesma família, sendo um homem de 48 anos e dois menores de 16 e 17 anos. Pai, filho e sobrinho foram detidos/apreendidos em uma ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar, e confessaram a autoria do crime, conforme consta no Boletim de Ocorrências.

A vítima, Miguel dos Santos, chegou a ser socorrida e encaminhada ao Hospital Regional Paulo Alemão, mas não resistiu e veio à óbito por volta das 03h desta sexta-feira (27).

Ainda segundo o Boletim de Ocorrências, os suspeitos teriam dito que o crime foi motivado por ameaças que receberam anteriormente por parte da vítima.

Após a confecção do Boletim de Ocorrências, os suspeitos foram entregues à Delegacia de Polícia Judiciária Civil para as providências cabíveis.

 

Veja mais notícias: