0
0
0
s2sdefault

pescaNOVA NAZARÉ - Um morador ribeirinho do Rio das Mortes nas proximidades da barra do Rio Borecaia está fazendo denúncia de que muita gente promove a pesca com galão e outros apetrechos proibidos por lei.
Em correspondência eletrônica enviada à Interativa, ele se diz preocupado com o meio ambiente.
Segundo ele, os pescadores agem à luz do dia, sem respeitar a legislação, promovendo pesca predatória. Além disso, são retirados do rio todos os tipos de peixes, sem respeito pelo tamanho mínimo exigido na legislação.
O ribeirinho diz que está faltando fiscalização. Ele já denunciou o fato à SEMA e Polícia Ambiental, mas não existe fiscalização.
Além disso, os frequentadores dos pesqueiros estão tirando o sossego dos ribeirinhos.
Os pescadores de fim de semana largam todo tipo de lixo dentro do rio ou nas margens, promovendo uma série de crimes ambientais.