Água Boa - MT (99,7 FM)

Laranjinha Recanto do Laranjinha
Laranjinha

Ouça Agora!

(66) 99652-7007

Querência - MT (97,9 FM)

Myke Alexandre Canto da Terra
Myke Alexandre

Ouça Agora!

(66) 98438-0051

Ribeirão Cascalheira - MT (103,1 FM)

Ramos Reino Encantado
Ramos

Ouça Agora!

(66) 997237390



Saúde

Saude de Agua Boa pede doacao de frascos de vidro para armazenamento de leite maternoÁGUA BOA - No mês que celebra o Aleitamento Materno, o “Agosto Dourado”, a Secretaria Municipal de Saúde lançou uma campanha pedindo a colaboração da população para doar recipientes de vidro com tampa plástica para armazenamento de leite materno. Os frascos serão doados posteriormente para o Banco de Leite Humano do Estado de Mato Grosso.

Onde doar

Os interessados em ajudar podem deixar o recipiente de vidro com tampa plástica na recepção das ESFs, PSFs, no Centro de Saúde e na Secretaria Municipal de Saúde. De segunda à sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30.

Por Assessoria de Comunicação Saúde

visita gestantes hospital regional agua bo amtÁGUA BOA - A Secretaria Municipal de Saúde de Água Boa realizou, nesta terça-feira (2), a primeira visita guiada ao Hospital Regional, para as gestantes do setor Guarujá conhecerem o espaço e o fluxo de acolhimento para o parto.
As visitas serão parte do acompanhamento pré-natal de todas as unidades, pois a Secretaria acredita que essa ação ajuda na criação de vínculos das mães com o ambiente e consequentemente proporciona mais segurança a elas, já que essa iniciativa oferece informações sobre o funcionamento da sala de parto, apresenta os quartos, o fluxo de circulação, além das providências que devem ser tomadas antes do parto.
As gestantes foram acompanhadas pela enfermeira Carla Isabel Caetano de Brito, coordenadora do ESF Guarujá. Antes de sair da unidade, elas participaram de um bate papo sobre o parto, apresentando diversas orientações importantes sobre esse momento tão especial na vida das futuras mães.

Por Assessoria de Comunicação Saúde

Pesquisa da Embrapa e da Universidade Federal de Viçosa (UFV) demonstrou que a farinha integral feita com o sorgo BRS 305, desenvolvido pela Embrapa, reduziu o acúmulo de gordura no fígado em uma condição médica conhecida como esteatose hepática.
Os cientistas ainda registraram vários outros efeitos benéficos promovidos pelo alimento. O auxílio no controle do excesso de gordura no organismo (adiposidade) e a redução de triglicérides e de ácido úrico são alguns deles. O sorgo também promoveu melhora na sensibilidade à insulina e na tolerância à glicose.
“Observamos que as alterações metabólicas ocasionadas pela dieta rica em gordura saturada e frutose foram revertidas pelo tratamento com a farinha do sorgo BRS 305. Substitui-se então 50% das recomendações diárias de fibra alimentar, por dez semanas”, relata a professora Hercia Martino, do Departamento de Nutrição e Saúde da UFV. (Ascom)

Hospital de Cancer de MT promove convenio com Prefeitura e CamaraHospital de Câncer de Mato Grosso, Agradece a Câmara Municipal de Vereadores e a Prefeitura Municipal pelo Convenio.
O HcanMT, através da Coordenadora de Desenvolvimento Institucional Sra. Silvia Negri, agradeceu ao convenio realizado entre a Prefeitura Municipal de Água Boa e Hospital de Câncer de Mato Grosso.
Este convenio foi possível pela economia de recursos de todos os vereadores na Câmara Municipal sob a Presidência do Vereador Cesinha, autor da Lei Nº 1.720 de 26 de Abril de 2022 que autorizou o repasse de R$ 50.000,00 ( Cinquenta Mil) reais a associação mantenedora do Hospital.
Cesinha reforçou que este convenio é uma das formas encontradas para ajudar ao hospital que é referência no Brasil em combate ao câncer, e diz ainda que junto aos vereadores de Água Boa pretende realizar novas ações para que possa ajudar ainda mais a instituição.

VITAMINA DSão Paulo - Uma abordagem estatística desenvolvida por pesquisadores da Queen Mary University of London, da Inglaterra, que combina resultados de estudos relevantes para vitamina D demonstrou que a suplementação desta vitamina apresenta segurança e proteção contra infecção aguda do trato respiratório, doença comum nos meses mais frios do ano. O estudo1 foi publicado no periódico The British Medical Journal, uma das revistas científicas mais relevantes do mundo.

A pesquisa, que contou com 11.321 pacientes, de 0 a 95 anos, constatou que pacientes com maior carência de vitamina D e aqueles que não receberam doses em bolus -- modo de administração do suplemento para aumentar rapidamente a concentração da vitamina no organismo -- foram os mais beneficiados. Os efeitos protetores foram observados naqueles que receberam vitamina D diariamente ou semanalmente. De acordo com o estudo, a dosagem em bolus pode fazer oscilar a concentração de vitamina D no corpo e, consequentemente, desregular as enzimas responsáveis pela síntese e degradação dos resíduos remanescentes da vitamina.

Segundo a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), as infecções respiratórias agudas são a terceira causa mundial de morte em adultos, sendo a pneumonia a grande representante. No Brasil, somente em 2021, foram mais de 400.000 hospitalizações por conta da doença.

“Os resultados desta pesquisa são muito valiosos para a definição de medidas de cuidado em saúde em momentos de maior incidência dessas doenças. A vitamina D é conhecida por sua importante ação nos ossos e músculos. Mas, ela também pode proporcionar benefícios na imunidade por sua ação imunomoduladora, reduzindo os riscos e melhorando a evolução das infecções respiratórias. Sabe-se que no inverno há menos exposição à radiação solar e redução dos níveis de vitamina D e a suplementação diária ou semanal com cápsula ou comprimido pode ser uma importante aliada na reposição e manutenção da vitamina”, comenta o médico, ex-secretário de saúde Campinas SP e consultor de saúde.

As análises foram feitas em subgrupos, definidos de acordo com o status basal de vitamina D, regime de dosagem de vitamina D (diário ou semanal sem dosagem em bolus versus regime incluindo pelo menos uma dose em bolus), tamanho da dose, idade (≤1 ano, 1,1-15,9 anos, 16-65 anos, >65 anos), índice de massa corporal (< 25 v ≥25), e presença comparada com ausência de asma, doença pulmonar obstrutiva crônica e vacinação prévia contra influenza.

Referências:

1Vitamin D supplementation to prevent acute respiratory tract infections: systematic review and meta-analysis of individual participant data. The British Medicine Journal

2Observatório do Clima e Saúde. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fiocruz. (Ascom)

Profissionais do CAPS sao selecionadas para Especializacao de Saude MentalÁGUA BOA - No último mês, três profissionais da Secretaria Municipal de Água Boa, que atuam no do CAPS I Vida Nova, participaram da primeira aula do curso de Especialização de Saúde Mental e Atenção Psicossocial em Cuiabá, ofertada pela Escola de Saúde Pública do Estado para 123 profissionais do Mato Grosso.

O objetivo geral do curso é formar especialistas em Saúde Mental e Atenção Psicossocial para ações terapêuticas e projetos de tratamento de acordo com os paradigmas elencados pela Reforma Psiquiátrica Brasileira.

O curso está sendo desenvolvido de forma presencial e online, totalizando 368 horas distribuídas em três eixos integrativos, os quais são desmembrados em 17 unidades de aprendizagem, além dos seminários de acompanhamento de TCC. Estão participando a Coordenadora da unidade e enfermeira Denise Paixão, a médica Bruna Jost e a psicóloga Patrícia de Melo.

Por Assessoria de Comunicação Saúde

Página 1 de 155

Veja mais notícias: